Seguidores

quarta-feira, 31 de agosto de 2011


Bullying - Trabalhando com tirinhas

0



BULLYING: TRABALHANDO COM TIRINHAS (parte1)



Objetivos: Trabalhar com um texto leve e com imagens para dar início às atividades de interpretação, avaliar o nível de interpretação a que os alunos conseguem chegar, introdução e discussão do tema bullying, introdução ao texto narrativo.


Conteúdo: leitura, interpretação e produção textual.


Métodos / estratégias: Serão distribuídas entre os alunos 5 tirinhas do Calvin, abordando a temática Bullying na escola. Deve-se discutir se eles conhecem o personagem e contextualizar a história previamente. Em seguida, será dado o seguinte questionário:

a) Tirinha 1: Quais os personagens que aparecem?

b) Tirinha 1: Por que Calvin se submete às ordens do menino Moe?

c) Tirinha 2: O mesmo menino volta a ameaçar Calvin. Qual o termo que Moe usa para se dirigir a Calvin? O que você acha do termo usado?

d) Tirinha 2: Calvin diz odiar Educação Física. Você acha que esse ódio tem alguma relação com os atos de Moe?

e) Tirinha 3: Calvin teve coragem de se opor a Moe. Qual a consequência disso?

f) Tirinha 3: Você concorda com a afirmação de Calvin em sua última fala? Explique.

g) Qual você acha que deve ser o motivo pelo qual Moe toma atitudes agressivas em relação a Calvin?

h) Qual você acha que deveria ser a atitude de Calvin para não ter mais problemas com Moe?

i) Você já viu alguma situação semelhante em sua escola? Conte como aconteceu.

j) Assinale o termo abaixo que você acha que pode ser mais corretamente aplicado ao ocorrido entre Calvin e Moe:
( ) Racismo = é a tendência do pensamento, ou do modo de pensar em que se dá grande importância à noção da existência de raças humanas distintas e superiores umas às outras.

( ) Violência doméstica = é aviolância, explícita ou velada, literalmente praticada dentro de casa ou no âmbito familiar, entre indivíduos unidos por parentesco civil (marido e mulher, sogra, padrasto) ou parentesco natural pai, mãe, filhos, irmãos etc.

( ) Bullying = termo inglês utilizado para descrever atos de violência física ou psicológica, intencionais e repetidos, praticados por um indivíduo (bully - «tiranete» ou «valentão») ou grupo de indivíduos com o objetivo de intimidar ou agredir outro indivíduo (ou grupo de indivíduos) incapaz(es) de se defender.


As respostas serão debatidas em grupo, ou entregues à professora.

Recursos didáticos: Tirinhas, caneta, quadro.

Avaliação: Os resultados (respostas dos questionários) servirão como base para a professora identificar qual o nível de interpretação dos textos em que se enquadra a turma; além disso, os alunos deverão ser capazes de identificar o que é bullying e de pensar em soluções para esses casos.


BULLYING: TRABALHANDO COM TIRINHAS (PARTE 2)

Objetivos: Criar tirinhas com assuntos relacionados ao bullying de forma que possam expressar o entendimento do aluno sobre o tema, além de contribuir em uma campanha da escola contra formas de discriminação.


Conteúdo: Produção textual em forma de tirinhas.

Método/ estratégia: A turma deve organizar-se em dupla, discutir e criar uma breve história relatando em poucos quadrinhos alguma situação de bullying que tenha presenciado, vivido ou imaginado. A história deve ser apresentada em forma de quadrinhos de pouca extensão e conter um desenvolvimento que leve, preferencialmente, ao riso e à reflexão. Cada dupla deve fazer primeiramente a parte textual, um esboço e, por fim, a arte final com muito capricho.

Recursos: Folhas de ofício, lápis, lápis de cor, hidrocor.


Avaliação: O trabalho valerá nota, sendo cobrado o que já foi estudado e, se necessário, deixados feedbacks.


Fonte: http://aprendendoaensinarensinandoaaprender.blogspot.com

Independência do Brasil

0









Fonte: Bala de Goma

0

Poderá também gostar de:

Fonte do texto: http://espacoeducar-liza.blogspot.com/2011/07/atividade-cartilha-contra-o-bullying.html#ixzz1WcO9TcMH

Atividade: Todos contra o bullying

0
Muito se tem falado a respeito de Bullying. Mas podemos fazer algo além de apenas falar a respeito. Pesquisar junto com a turma, confeccionar cartazes, esclarecer o termo, trazer a luz comportamentos diários que passam desapercebidos etc. Preparei aqui uma sugestão de atividade interessante a ser realizada: a montagem de uma cartilha de combate ao Bullying confeccionada pela própria turma. É interessante que a atividade seja realizada através de pesquisa, recorte, colagem, anotações e observações dos próprios alunos. 
Seguem as páginas:


Fonte do texto: http://espacoeducar-liza.blogspot.com/2011/07/atividade-cartilha-contra-o-bullying.html#ixzz1WcOWbnoH










terça-feira, 30 de agosto de 2011


Atividades 1º ano

1

















Retirado: http://ensinar-aprender.blogspot.com/2011/06/atividades-portugues-1-ano-do-ensino.html

sábado, 27 de agosto de 2011


O PAPEL DO DIRETOR E COORDENADOR PEDAGÓGICO

0


A primeira questão que nos vem à mente, ao tratarmos do planejamento, sempre repetida e quase nunca levada a sério por muitos, é a que se refere ao compromisso. Nenhum planejamento terá validade, se os envolvidos não se propuserem a cumpri-lo integralmente. Mas esse cumprimento somente será possível por meio de um "acompanhamento e cobrança".

Assim, a primeira tarefa do corpo diretivo, em discussão com todos (professores, pessoal de apoio, etc...), será encontrar mecanismos que garantam o cumprimento de tudo aquilo que todos se comprometam a realizar em um coletivo. Sabemos como é difíceis concretizar o plano, tal a rotina e o marasmo, que toma conta de quase todos, passadas algumas semanas.

Entenda-se o termo "acompanhamento e cobrança", no seu sentido educacional, ou seja, o de detectar problemas e propor soluções para resolvê-los pelo diálogo honesto, conjunto e democrático.

Quanto ao processo pedagógico, parece-nos que esse gerenciamento e cobrança jamais poderão ter alguma eficiência, sem que se tenham, em mãos, dados concretos, resultantes das metas e objetivos.

Os mecanismos de "acompanhamento e cobrança" poderão variar de escola para escola, mas deverão basear-se sempre em documentação, em todas as disciplinas, de tal forma que os responsáveis pela supervisão do processo pedagógico possam ter uma idéia do que está sendo realizado em sala de aula, para cumprimento do Plano de Escola. Apenas, dessa forma, não se permitirão as constantes lacunas deixadas, anualmente, na formação intelectual dos alunos, quando os ciclos de estudo não se completam.

Entendemos que a abertura dos trabalhos de planejamento, com todos os professores deva enfatizar os aspectos acima mencionados, inclusive objetivando esclarecê-los de que o "acompanhamento e cobrança" não devem ser encarados como fiscalização e interferência e, sim, a tentativa de um trabalho permanentemente reflexivo e, quando for o caso, replanejado.

Nenhum planejamento terá validade, se os envolvidos não se propuserem a cumpri-lo integralmente.

Fonte: http://pedagoga10.blogspot.com/2009/03/o-papel-do-diretor-e-coordenador.html

Atividades 4º ano

0













Fonte: Blog da Professora Marlene Silva e Cantinho do Saber
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Minha Família